Buscar
  • Dr. Andre Ribeiro

O que é e o que faz o cirurgião bucomaxilofacial?



A cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial é uma especialidade da odontologia que trata as doenças da face, cavidade oral e seus anexos, tais como: deformidade dentofacial, traumatismos, lesões patológicas além de reconstruir e reabilitar os maxilares quando atingidos por tumores ou traumas. Além disso, diversas alterações bucais e dentárias podem necessitar de tratamento cirúrgico, como a remoção dos dentes do siso. O profissional que melhor dispõe dos conhecimentos técnicos e treinamento especializado para resolver este problema é o cirurgião bucomaxilofacial.


A cirurgia bucomaxilofacial estuda, diagnostica e trata distúrbios que acometem a região compreendida entre o osso hióide e a parede anterior do seio frontal de baixo para cima, e do tragus à pirâmide nasal, de trás para frente.


O atendimento com o cirurgião bucomaxilo pode se dá em âmbito ambulatorial ou hospitalar. Geralmente no consultório são realizadas cirurgias menores e procedimentos mais simples que requeiram apenas anestesia local, como remoção de dentes inclusos e de pequenos tumores benignos. Os casos mais complexos se restringem ao ambiente hospitalar.


Conheça a cirurgia bucomaxilofacial


A cirurgia bucomaxilofacial ou mais conhecida como bucomaxilo tem a face como sua área de atuação e como citado anteriormente, estuda os traumas e fratura nos ossos da face, além de patologias, alterações congênitas de crescimento facial, tumores maxilares e doenças de ATM.


O cirurgião bucomaxilo deve ser um profissional de conhecimento amplo, capaz de realizar o diagnóstico diferencial das doenças da boca, analisar sistemicamente seu paciente, tanto para diagnóstico e também no prepara adequado de seus pacientes ara suas cirurgias. O cirurgião bucomaxilo deve ter os conhecimentos técnicos e científicos para as tomadas de cisões, principalmente nas situações emergenciais, quando uma determinada condição possa colocar em risco a vida do paciente.


Quais os procedimentos cirúrgicos da cirurgia bucomaxilofacial?


O cirurgião bucomaxilofacial irá orientar o paciente quanto ao melhor tratamento das patologias ou alterações apresentadas na face, sejam elas cirúrgicas ou não, mas poderão ser indicados procedimentos como a cirurgia ortognática, tratamento cirúrgico ou não da disfunção de ATM, tratamento de apnéia do sono, fratura da face, tratamento de cistos e tumores, entre outras.


No caso das fraturas faciais ocorrem por conta de acidentes de trânsito, agressões acidentes esportivos, entre outros. Além disso, também são decorrentes na terceira idade devidos às quedas caseiras.


As patologias e os tumores dos maxilares que ocorrem são devido a permanência de dentes inclusos que não foram aceitos pelo corpo.


No caso das anomalias do crescimento dos ossos faciais, eles são realizados através das cirurgias ortognáticas.


A cirurgia ortognática também é outra especialidade da odontologia bucomaxilofacial, que promove a reparação e o reposicionamento da mandíbula e também da arcada dentária.



O cirurgião bucomaxilofacial realiza procedimentos como:


Os profissionais da área de bucomaxilofacial realizam procedimentos nas áreas da boca (buco) como exemplo as cirurgias bucais (cavidade bucal), maxilar (maxilo) (fraturas de face e lesões nos ossos maxilares) e facial, cirurgias ortognáticas e fraturas da face como na órbita, nariz e frontal. Além disso, atua também atua no diagnóstico e tratamento da disfunção de ATM, diagnóstico e tratamento de dores orofaciais, reabilitação com implantes dentários e enxertos ósseos e no diagnóstico e tratamento da conhecida apneia do sono.


A cirurgia bucomaxilofacial é regulamentada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) e reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).


Quando devo procurar um bucomaxilo?


É necessário procurar um bucomaxilo quando estiver com dor aguda ou crônica na região da cavidade oral, dificuldades tanto para abrir quanto fechar a boca, caso apresentar desarmonia facial, quando o queixo é pequeno como na Classe II ou muito grande na Classe III, dentes inclusos, apresentar dores de cabeças frequentes ou apresentar um aumento de volume intraoral ou da face, entre outros.


O Dr. André Ribeiro, que é cirurgião bucomaxilo do INCOM, uma clínica especializada com o foco na Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial, localizada na cidade de Belém afira que a formação do cirurgião bucomaxilo é sólida, incluindo 5 anos de graduação em odontologia e mais 3 anos de residência em cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial. A formação não para por aí, no decorrer de sua atuação, um bom cirurgião irá sempre atrás de mais formação em cursos técnicos de curta duração e também na pós-graduação Strictu sensu, como mestrado e doutorado. O Dr. André, por exemplo, completou 15 nos de formação técnica científica, sendo os 5 anos de graduação, 3 da residência, 3 anos de mestrado e 4 de doutorado, este último realizado integralmente na Inglaterra, na renomada University College London. São mais de 50 artigos internacionais publicados em sua carreira e que se encontram à disposição para atender seus pacientes no Instituto de Cirurgia Oral e Maxilofacial – INCOM.

4 visualizações0 comentário